terça-feira, 2 de junho de 2009

Aviso ao leitor: Para os menos acostumados os mapas podem ser ampliados (apreciando a sua beleza e raridade) bastando clicar sobre os mesmos ,expandindo-os.
No fasc. 1 existem gralhas .Técnicamente era dificil eliminá-las.E porque perfeitamente identificadas se tornava um exercício que tomaria muito tempo, o que me falta .optei por deixá-las ficar ,até ter tempo para tal exercício.
JF
-----------------------------------------------------------------------------------------------
(2ºFasciculo)

Os Mapas T-O

Isidoro, Arcebispo de Sevilha no sétimo século, elaborou uma série de mapas que constituem uma síntese entre os mapas romanas e os desenvolvidos pelas escolas cristãs ,representando o mundo com a Ásia em cima ,a Norte ,sendo a parte inferior, dois continentes divididos pelo meridiano do Nilo :um, o continente Europeu .O outro, a África. De facto os homens medievais, europeus tinham apenas uma vaga ideia do mundo asiático e por isso não o sabiam representar.






MAPA T-O por Jean Mansel(1368-1422)




O MAPA Anglo- Saxon de Cotten

Ainda pela sua importância é de referir o Mapa (anónimo) Anglo Saxon ,recuperado por Sir Cotten, em 1571,pelo que também é conhecido por este nome, sendo o mais antigo mapa a usar o conceito da representação dos três continentes embora aqui de um modo mais evoluído. O mapa representando o Leste [1]na parte superior (no nosso representamo-lo correctamente) não divide os continente, com Jerusalém no centro. Nele, o Nilo é representado a vermelho, embora as montanhas (verdes) no cimo, e o mar Vermelho simbolizem o êxodo israelita. A ilha mais a leste (no nosso mapa) é Ceilão





Mapa Anglo Saxon(de Cotten)


O Mapa de Al-Idrisis

Também de grande importância foram os trabalhos de Al Idrisis(1100-1065),geógrafo árabe que visitou a Península e que a convite do Rei da Sicília visitou Palermo.
No seu mapa orientado para o Norte, que mostra influências das duas escolas,a árabe e a cristã, Idrisis indica por linhas paralelas horizontais ,as linhas de clima. No seu mapa a África é circum-navegável. Admite-se que tenha sido neste mapa que Fra Mauro de quem falaremos adiante, se teria inspirado na curvatura que deu ao continente africano, prolongando-o para oriente ,excessivamente .




Mapa Mundi de ASh-Sharif al-Idrisis
O Mapa Catalão

Outro notável trabalho precursor da cartografia medieval, foi o produzido em 1375 na Escola de Maiorca por Cresques Abraham .Este mapa- denominado Atlas Catalão- tem a curiosidade de cobrir o Mediterrâneo, o Mar Negro e o Atlântico ,as costa do Norte de África ,Espanha ,França e Inglaterra..Cresques reflecte muito das noticias das viagens de Marco Polo, e de muitos outros exploradores,registando todo um manancial de informação que ia continuamente engrossando o cabedal de conhecimentos trazidos pelo navegantes descobridores..É um extenso mapa formado por oito painéis ,e de que se afirma ‘’que nenhum mapa produzido antes do Séc.XVIdá uma compreensão tão perfeita como o Atlas Catalão’’.No ultimo painel representando o oriente vê-se representava ,também ,a Taprobana.
Os primeiros 2 retábulos dos sete que com põem o Atlas

Notas

[1] Os árabes representavam o mapa colocando o sul no alto;os cristão colocavam o leste no alto.
(cont)

Nenhum comentário:

Postar um comentário